Um lugar ao sal

As linhas da natureza podem se multiplicar em uma única imagem, o movimento do céu e das nuvens acompanha a inclinação do coqueiro que desafia a gravidade, como se ambos fizessem parte da mesma dança. A noção de escala se confunde quando a figura humana quase não é notada ao pé da árvore, como um ponto de ação em meio ao fluxo da natureza. O forte contraste entre os pretos, brancos e cinzas da fotografia ressalta a dramaticidade e a potência do enquadramento, evidenciando os detalhes que fazem da imagem uma visão artística.

0 votos

Categoria Paisagem
Tipo Obra Única