Água sem Vida

Água sem Vida O sul de Santa Catarina se destaca pela exploração do carvão mineral em uma área de 6.400 ha. As várias décadas de extração do mineral, em minas subterrâneas ou a céu aberto, geraram um passivo ambiental de grande impacto. Grandes depósitos de rejeitos de pirita e lagoas de decantação provocam a degradação de solos e favorecem os efluentes ácidos. O contato entre o oxigênio do ar e a água geram óxidos de ferro e ácido sulfúrico. A coloração laranja tendendo para vermelho nos lugares mais profundos denuncia a forte presença de óxidos de ferro e a total ausência de vida. Ambientes inóspitos fruto da ganância e da exploração sem limites dos recursos naturais. Fruto da espoliação da vida. Mais do que nunca é preciso resistir.

0 votos

Categoria Meio Ambiente
Tipo Obra Única